O Legislativo perto de vocĂȘ


Vereador Edmilson Armellei denuncia crimes ambientais
06/05/2010



A matéria intitulada “Piracaia vira lixão de Atibaia”, veiculada na última edição do Atibaia Hoje, causou polêmica na 7ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Piracaia, realizada no último dia 04, terça-feira.  
Durante a Sessão, o vereador Edmilson Armellei (PP) manifestou-se a respeito da reportagem, disparando uma série de críticas ao desempenho da Administração. 
O parlamentar cobrou imediatas atitudes da prefeita Fabiane Santiago (PV) e dos departamentos competentes, apresentando, ainda, novas denúncias em Plenário. O vereador exibiu imagens que ilustravam o descaso da administração com o meio ambiente, no que tange a precariedade das lixeiras de bairros afastados do centro, a ineficácia do serviço de coleta, bem como imagens de esgoto sendo lançado diretamente ao Rio Cachoeira.  “Paga-se caro, e o serviço de limpeza não tem atendido nossa demanda. O pior e mais absurdo é uma administração intitulada “verde” permitir que a Sabesp continue lançando esgoto em nosso rio. A população paga mensalmente a taxa de tratamento de esgoto, mas não conta com o referido serviço. Peço para que a Administração exija a implantação deste serviço no município. A renovação de contrato com a Sabesp precisa ser revista!” - afirmou o parlamentar.
Logo em seguida, o vereador Dr. José Roberto da Silva (PCdoB) afirmou que assim que tomou conhecimento da denúncia, se dirigiu ao local - acompanhado do vereador Antonio Carlos (PDT) - para apurar o fato, e foi constatado que não se tratava de lixo, mas sim de um depósito de entulhos.  Entretanto, o vereador e ambientalista Prof. Wanderley (DEM) afirmou que independente de se tratar de entulhos, a Prefeitura não poderia autorizar a instalação de uma empresa no referido local, vez que se trata de uma área de preservação ambiental. Além disso, o parlamentar falou da necessidade de se criar uma lei que proíba os municípios vizinhos a depositarem lixo nas terras piracaienses. Prevendo, ainda,  que o município corre o risco de se tornar um ponto de referência para o depósito de lixo.
No final da Sessão o vereador Edmilson esclareceu ao público presente que não houve equívoco na denúncia ora apresentada, pois conforme o dicionário Aurélio: “lixo. s.m. 1. Aquilo que se varre da casa, do jardim da rua, e se joga fora, entulho. 2. p. ext. Tudo o que não presta e se joga fora. 3. Sujidade, sujeira, imundície. 4. Coisa ou coisas inúteis, velhas, sem valor. 5.”. Concluindo seu pronunciamento o vereador disparou: “Entulho é lixo! E por sinal entulho é definido como Lixo Público, o que leva ainda mais tempo para decomposição.  Estão trazendo lixo de Atibaia para o nosso município!” – finalizou.