O Legislativo perto de você


Fiscalização: Dr. Luiz Henrique visita obras e questiona a Prefeitura
17/06/2010

De acordo com informações, o valor da construção da ponte da Vila Romite é de R$ 565.735,00, e da Drenagem de águas pluviais da Rua Tocantins é de R$ 120.982,08.

O vereador Dr. Luiz Henrique (DEM) esteve nessa última segunda-feira (14) visitando as obras que estão sendo realizadas no bairro de Batatuba. No local o vereador pôde conferir os trabalhos da equipe na execução de drenagem de águas pluviais da Rua Tocantins, como também pôde observar que já foi anunciada a construção da ponte da Vila Romite, que é uma antiga reivindicação da Câmara Municipal.
Durante a visita o vereador tomou conhecimento que as colunas de concreto, que foram implantadas pela gestão passada para a construção da nova ponte, haviam sido desconsideradas pela atual administração, sob a alegação de que não poderiam ser reaproveitadas. 
Diante do fato, o parlamentar apresentou requerimento ao Executivo, solicitando cópia do laudo técnico que condenou as referidas colunas.  Na inexistência do laudo técnico o vereador solicitou informações acerca da empresa e do engenheiro responsável pela construção das referidas colunas, além de cópia de todo o projeto que seria executado pela gestão anterior. “Não importa de onde os recursos vieram, dinheiro público tem que ser respeitado! Precisamos ter precisão se de fato houve negligência de quem realizou o projeto anterior, ou se isso é um desprezo sem fundamento técnico” – justificou.
Ainda em visita ao local, o vereador observou que a empresa Singulare (empresa que forneceu em 2008 a galeria de tubulações que está abandonada no Parque dos Pinheiros) está fornecendo tubulação para a execução das obras de drenagem. Com isso, o parlamentar apresentou indicação ao Executivo para que a senhora prefeita estudasse a possibilidade de viabilizar negociações com a referida empresa, no sentido de estar permutando as galerias de concreto, ora abandonadas, com os novos tubos.  “Se o município pudesse entrar com os tubos, com certeza iria baratear o custo de qualquer obra, economizando dessa forma o dinheiro público, quer seja municipal, estadual ou federal” - concluiu o vereador.