O Legislativo perto de você


Câmara realiza Audiência Pública para discutir PPA
21/09/2009


A Câmara Municipal de Piracaia realizou nesse último dia 15, terça-feira, uma reunião de Audiência Pública para a apresentação do Projeto de Lei Nº 28/2009, de autoria do Poder Executivo, que “Estabelece o  Plano Plurianual do Município para o período de 2010 a 2013, e define as metas e prioridades da administração municipal para o exercício de 2010”. O presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Dr. José Roberto da Silva “Dedé” (PCdoB) foi o responsável pela a abertura da reunião, apresentando o referido projeto aos vereadores e aos munícipes presentes. 
O morador do Vale do Cachoeira, trouxe questões de seu bairro, que levam os moradores a deixarem de pagar o IPTU. Segundo ele, há anos os moradores solicitam à Prefeitura atenções em relação à infra-estrutura do local, como o calçamento, iluminação, etc. “Não pedimos muito, pedimos apenas que a Prefeitura nos viabilizasse condições de ir e vir ao nosso bairro, muitas vezes, em dias de chuva, não podemos sequer nos deslocar. Além disso, estamos há muito tempo lutando pela regularização do bairro e não obtemos êxito, definitivamente precisamos de maior atenção do Poder Público!”, afirmou o morador que ainda sugeriu que a Prefeitura emitisse carnê de serviço adicional por benefícios na infra-estrutura das ruas.  Na seqüência o vereador Dr. Luiz Henrique (DEM) afirmou que as administrações anteriores foram falhas, cooperando com a proliferação de loteamentos irregulares. 
Os munícipes, presentes na reunião, solicitaram explicações sobre o orçamento, bem como os tramites de processos de emendas parlamentares, o que lhes foi esclarecido pelos vereadores Edmilson Armellei (PP) e Eunice Cabral (PDT). 
Foi também solicitado por uma munícipe e completado pelo vereador Prof. Wanderley (DEM) que sejam implantadas políticas ecologicamente corretas em nosso município, dando como exemplo pavimentações e calçamentos que menos oneram os cofres públicos e que contribuem para a preservação do meio ambiente. A munícipe ainda sugeriu um maior investimento na área de coleta seletiva, o que também contribuirá para a geração de empregos no município.